terça-feira, 15 de novembro de 2011

Memórias: Bairro Jardim Calux - SBC

Em média de 20 anos atrás os moradores do bairro Jardim Calux, em São Bernardo do Campo viviam de forma desastrosa, não havia asfalto, esgoto encanado, etc. Além de ser um lugar de muita violência. Simplesmente falar talvez não seja o suficiente, por isso trago abaixo algumas fotografias que mostram como era e como está atualmente, percebe-se claramente uma mudança significativa para a vida deste povo. Escuta-se relatos: “Hoje vivemos no paraíso! Temos as lembranças para contar e as fotografias para mostrar aos nossos filhos como era aqui.”


Rua Janete Clair

Rua Jorge Amado (próxima a passarela - DER)
Rua Manoel Bandeira (Antes um córrego,
que recebia o esgoto da metade do bairro)

Praça Vicente Antônio de Almeida

Praça Vicente Antônio de Almeida

Sede da Associação de Moradores

Derrubando os barracos na rua Carlos Drummond
de Andrade e ela atualmente
Quadra atualmente
(Praça Vicente Antônio de Almeida)
e uma parte do bairro.


Percebemos que com o passar dos anos, houve inclusão dos moradores deste bairro, os mesmos passaram a ter esgoto encanado, aos poucos conseguiram construir suas casas de alvenaria, as ruas foram asfaltadas e mais, há espaço de lazer, as crianças podem brincar em praças e parques tranquilamente.
Relembrar ou até mesmo conhecer como fora este bairro nos faz refletir sobre nosso hoje, valorizar aquilo que temos e melhor, contribuir para que melhore ainda mais. 


Fotografias cedidas pela Associação de Moradores Jd. Calux

Janaína Souza

20 comentários:

  1. hoje pode até ter asfalto e todo mais ,porem quem morara aqui sabe como é a milicia vive aki dentro matando companheiros de vila e trazendo o caus a muita familia pois ele estão estorquindo nosso povos comprando de casa e quem não paga sofre com a violencia trazida sobre nois escrevo a secretaria de segunça puplica e peço um providencia sobre esta situação

    ResponderExcluir
  2. graças a policia hoje foram presos os milicianos e terão que pagar por todas as mortes e por terem extorquido durante anos o povo do bairro,pais de família e trabalhadores,enquanto eles enriqueciam com cassas e mais cassas no parque dos pássaros,carros e motos de luxo.bandidos!!!

    ResponderExcluir
  3. é vdd,o Edmílson já foi morto e espero que o Luizão morra na cadeia,igual as pessoas que ele extorquiu e matou durante anos no jd calux,ainda bem q sai de la se não eu era outro..lixos tem q morrer é tudo

    ResponderExcluir
  4. EU já presenciei esse tal de luizão e seus capangas abordando pessoas e menores de idade dizendo que são policiais e então os revistavam e agrediam se reclamassem, além de tudo obrigam pessoas a pagarem pelos seus serviços, esses bandoleiros pramin são suspeitos de vários crimes nesta comunidade que ocorreram e ocorrem ate a presente data ,se isto não acabar eu irei ate ao ministro da justiça ou ao secretário da segurança para que se tome providencia e se for possível a instalação de uma UPP unidade de pacificação no bairro para que tenhamos segurança de verdade e PAZ !!

    ResponderExcluir
  5. luizão, o calboy vaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii ti pegarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!!!!

    ResponderExcluir
  6. O luizão fez mais uma vitima aqui hoje no calux ele e o responsável !

    ResponderExcluir
  7. luizão a tua cabeça e da tua família vai estar a premio .PCC !

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu queria entrar em contato com a associação de moradores do bairro... Estou produzindo um jornal para a ONG IAIP que atende ao jardim Calux, e preciso saber quais são os maiores problemas do bairro, agora.

    Beijos! Thamy Hirata

    ResponderExcluir
  10. aviso sobre o PANCADÃO no jardim calux ,existe uma lei sancionada pelo GOVERNO DO ESTADO que proíbe o PANCADÃO OU SEJA SOM ALTO QUE SIGNIFICA perturbação do sossego a lei 16.049 que pune com multa, apreensão do veiculo e ate cadeia de 1 ano , agora se o tal infrator não obedecer , não colaborar e a POLICIA não resolver tal questão porque aqui no Bairro nunca teve esta perturbação o jeito e partir pro pau , sabe de que forma! E por FOGO no CARRO e assim DESTRUIR O SOM quem sabe o camarada respeite mais os seus vizinhos e também pegar este tal de alemãozinho QUE ANDA PROMOVENDO ESTE PAMCADAO AQUI NO BAIRRO E DAR UMA LISAO NELE , OU PARA OU VAI SER PIOR PARA ELE E PARA SEUS AMIGOS SE NAO QUISEREM PERDER OS SEUSCARROS !!

    ResponderExcluir
  11. luizão o calux precisa que vc volte pois precisamos de vc para por o bairro nos trilhos certos, acabou o sossego com estes barulhos de som ate as madrugadas , manda bala nestes vagabundos DROGADOS !

    ResponderExcluir
  12. tem um tal de maquisuel que anda promovendo o pancadão e as drogas aqui no calux aos sábados e anda dizendo que e o dono do bairro, ele que se cuide ou ele da o fim desta bagunça aqui no bairro ,ou vai se dar mal,e os bares e lanchonetes e a adega fechem a partir das 22 horas ou vão se dar mal também ,e só um aviso ou por bem ,ou por mal !!

    ResponderExcluir
  13. aviso: a comunidade do jardim calux, qualquer um pode fotografar ou filmar e identificar a placa do veiculo da pessoa que esta com o seu som muito alto no caso do funk pancadão que esta perturbando o sossego das pessoas da meia noite as 6horas da manha ,levar o sujeito a justiça por perturbação do sossego e danos além de que ele pague indenizações pelo crime e passar vexame toda vez que infringir a LEI!


    ResponderExcluir
  14. UMA receita pra você morador do jardim calux,que esta cansado do funk pancadão, compre uma caixa com rojões e direcione o mesmo em cima do carro do mal educado assim ele vera que seu carro sefreu danos e aprende a não perturbar o sossego das pessoas porque tal atitude e ilegal e ele pode sofrer processos que pode chegar a ter indenizações de ate 100 mil reais ou mais,fassa isso e uma bela receita eu garanto já que a POLICIA não resolve temque ser DENTE POR DENTE OU OLHO POR OLHO !

    ResponderExcluir
  15. ATENCAO: existe um grupo de rapazes que fica na esquina do cruzamento da Manoel bandeira vendendo drogas todos os dias de manha ate a noite de segunda a sesta são uns verdadeiros caras de pau eles para esconder as drogas colocam a mesma nos canos que fica na sarjeta da rua e vasos de plantas fresta das paredes das casas isto tudo começou a pouco tempo junto com o funk pancadão que todos os sábados que começa a meia noite e vai ate as 6 horas da manha com a contribuição da lanchonete bares e adega que ficam na rua Manoel bandeira vendendo bebidas para menores de idade, vem gente sabe lá de onde pra curtir as drogas que aqui e vendida,eu acho que logo logo vai começar a ter mortes novamente vai haver uma limpeza no jardim calux fora grogas e fora pancadão funk !

    ResponderExcluir
  16. Existe a crença de que ninguém tem direito de fazer barulho excessivo com perturbação do sossego das 22 horas de um dia as 5 horas da manhã do outro, mas isso não é verdade.

    De acordo com a LCP, a Lei de Contravenções Penais, no seu artigo 42, não se pode perturbar o trabalho ou o sossego alheio nas seguintes condições:
    •Com gritaria e algazarra;
    •Com o exercício de profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;
    •Com o abuso de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;
    •Provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem a guarda.

    A penalidade é de prisão de 15 dias a 3 meses ou multa, dependendo do caso. Portanto, não existe uma hora determinada para que qualquer pessoa utilize sons mais altos, que perturbem o sossego alheio, incomodando vizinhos.

    Vale lembrar que o reclamante não precisa acompanhar a polícia até a delegacia, já que uma pessoa que notifica acerca de uma infração penal não está cometendo um ato ilícito, está antes exercendo o seu direito, não precisando nem se identificar, uma vez que isso poderá causar dissabores pessoais com o infrator.

    O que deve ser feito no caso de perturbação do sossego?

    No caso de uma reclamação por perturbação do sossego, o responsável pela contravenção será, primeiro, advertido sobre seu ato, seja ele qual for, sendo solicitado que pare com a perturbação.

    No caso de persistir, poderá ser preso, já que estará cometendo o crime de desobediência, sendo também apreendido o objeto que está causando a perturbação, quando for o caso.

    Um motorista que esteja com o som alto demais em qualquer lugar, também pode passar pela mesma situação, sendo advertido pelo policial sobre o incômodo que está provocando. Se o motorista não parar com o som alto, terá cometido, antes, uma contravenção e, em seguida, o crime de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal, uma vez que a ordem do policial está dentro da lei.

    Se, mesmo assim, o motorista não parar com o som e não desligá-lo, o policial deverá proceder à apreensão do veículo envolvido, aplicando uma multa ao seu proprietário, constatado que está o abuso na emissão de sons e ruídos em logradouros públicos, também obedecendo o que está no Código de Trânsito Brasileiro, no artigo 229.

    O mesmo pode acontecer se a perturbação for proveniente da realização de qualquer atividade, seja de diversão ou lazer, seja comercial ou religiosa. Mesmo que uma igreja, por exemplo, tenha o alvará para a prática de reuniões religiosas, não interfere na legislação sobre perturbação do sossego.

    A contravenção é penal. Qualquer evento deve ter meios de impedir a saída de som para a parte externa dos estabelecimentos, pouco importante a existência de prova técnica que possa atestar a quantidade de decibéis.

    Evidentemente, o bom senso deve ser utilizado em qualquer caso, já que todo e qualquer lugar terá um som, um barulho que pode incomodar os vizinhos. O ideal é sempre buscar meios menos problemáticos de resolver a situação, solicitando que o som seja baixado, sem necessidade de perturbar policiais com casos desse tipo e sem recorrer às vias judiciais.

    E o bom senso sempre tem uma regra bastante clara: não faça aos outros o que não quer que seja feito contra você.

    ResponderExcluir

  17. Edição do dia 21/10/2016

    21/10/2016 21h06 - Atualizado em 21/10/2016 21h10


    Começa a valer nova lei que pune motorista que ouve som alto

    Motorista pode ser multado se som do rádio for ouvido do lado de fora.
    Em SP, PMs recebem cem reclamações de som alto no carro por dia.
















































    Começou a valer em todo o país a nova lei que pune motorista que abusa do volume do som.

    Sabe quando você gosta tanto de uma música que ouvir sozinho é pouco e dá vontade de compartilhar com o mundo?

    “Desde os 15 anos eu ouço som alto. Tem que ser com o vidro aberto, senão você não aguenta ficar lá dentro”, afirma o segurança Carlos Araújo.

    Mas esse gosto pode custar caro: cinco pontos na carteira, carro apreendido, e multa de R$ 127 até o fim de outubro. E R$ 195 a partir de novembro.

    Som alto no carro já era proibido pelo Código Brasileiro de Trânsito. E alto era o volume que ultrapassasse 80 decibéis, medidos a sete metros de distância pelo decibelímetro. Sem ele, não dava para fiscalizar.

    “Se percebeu que se tornou inviável a fiscalização, na medida em que nem todos os agentes de fiscalização contavam com decibelímetros”, explicou Elmer Vicenzi, diretor do Denatran.

    O pedido para mudar a forma de fiscalizar foi da Polícia Militar de São Paulo. Só na capital, os PMs recebem cerca de cem reclamações de som alto no carro por dia e 600 nos fins de semana.

    Agora, o aparelho que eles vão usar é o ouvido. Se o guarda de fora escutar o som de dentro, isso já pode ser considerado perturbação do sossego, e o motorista leva multa. E tanto faz se o carro estiver parado ou em movimento.

    Mauricio Januzzi, da OAB de São Paulo, diz que a medida é boa, mas que a falta de parâmetros pode gerar conflitos.

    “Tecnicamente eu deixo ao arbítrio da autoridade, então o som alto para mim pode ser uma coisa, para a autoridade pode ser outra, sem um critério objetivo, fazendo com que haja aí possíveis abusos”, diz.

    Se tem alguém que vai ficar aliviado com essa mudança, são os vizinhos do Roberto. Ele gastou mais de R$ 20 mil para encher de caixas e já está pensando em tirar tudo: “Vou ficar carregando um negócio que eu não vou poder ouvir? Aí não adianta”.

    Alarmes, sirenes e o som de carros de publicidade com autorização para circular estão fora da proibição.






























































































































































































    Jornal Nacional
    veja tudo sobre ›


    ResponderExcluir
  18. A conclusão acima não tem nada a ver com o comentário do dia 28/08/2016 17:01 e sim com o dia 22/10/ 2016 01:43 que foi somente um complemento !

    ResponderExcluir
  19. O OLHO QUE TUDO VE... diz os chefes do trafico E DO FUNK PANCADÃO AQUI NO JARDIM CALUX SÃO ..EDUARDO ALEMÃO, MACSUEL OS DOIS TRAS AS DROGAS E TAMBEM RESEBEM O DINHEIRO DE SEUS COMPARSAS QUE FICAM VENDENDO AS DROGAS NAS ESQUINAS E RUAS DO BAIRRO CALUX DE MANHA ATE AS MADRUGADAS,ISTO VAI TER UM FIM,E SO UMA QUESTÃO DE TEMPO AGUARDEM ,CARRO SUSPEITO QUE TRAS E LEVA A DROGAS E O DINHERO E HLH 1128 CELTA PRATA ,E O CARA DE PAU DO EDUARDO ALEMÃO FICA POSTANDO NO FASEBOOK DINHERO GANHADO DAS VENDAS DAS DROGAS, MACONHA COCAINA CRAQUE,FICAM SUJANDO O NOME DA COMUNIDADE DO JARDIM CALUX,CAMBADA DE SALAFRARIOS, NOIAS O FIM TA PROXIMO !

    ResponderExcluir
  20. Eduardo alemão a sua hora tá chegando!

    ResponderExcluir